Novos Talentos do Jazz

Bandas de todo Brasil, com integrantes até 30 anos, podem se apresentar em grandes festivais de música!

NOVOS TALENTOS 2019

O Novos Talentos do Jazz é um concurso voltado para grupos de jazz e de música instrumental que seleciona bandas cujos integrantes tenham até 30 anos de idade. As bandas selecionadas pelo edital realizarão shows em grandes festivais de música instrumental. 

Resultado



A Engrenagem


A combinação enérgica entre os integrantes do grupo provoca o público em cada apresentação por meio de uma mistura que urge por novidades sensoriais e criativas. “Era pra ser relax…”, o mais recente projeto (em vigor), fora lançado em formato inédito em Brasília, combinando “música para cabeça” e “música para o corpo” em 360 graus de interação com os músicos e a convidada Ellen Oléria, além das intervenções visuais (live cinema) do artista plástico Hieronimus do Vale.



Formação:
Henrique Alvim: guitarra
Pedro Miranda: baixo
Renato Galvão: bateria
Felipe Viegas: teclados e sintetizadores
Filipe Togawa: teclados e sintetizadores

Nas redes:
https://www.instagram.com/a.engrenagem/
https://www.facebook.com/pg/aengrenagemusic





Matheus Lana Quarteto

Matheus Luna é um violonista e compositor baiano, radicado em Belo Horizonte há cinco anos. Em sua trajetória como músico, criou um “robe” desde muito ceo: criar novos caminhos harmônicos para suas melodias. Luna é formado em Música Popular pela UFMG, Finalista do BDMG Instrumental 2018, um dos ganhadores do Jovem Instrumentista BDMG 2017, no qual realizou o sonho de estudar com uma das suas maiores influências: Juarez Moreira. Além disso, tem um EP gravado chamado “Lua Dina- Matheus Luna”, com lançamentos em BH e na Bahia.



 Formação:

Matheus Luna: violão
Lucas Bortolucci: saxofone
Bruno Vellozo: baixo
Filipe Brandão: bateria

Nas redes:

https://www.facebook.com/matheuslluna





Quarteto Dois a Dois


O quarteto Dois a Dois é formado por músicos de uma jovem geração da cena belorizontina e criado com o intuito de desenvolver, em conjunto, uma linguagem original e inusitada para a música instrumental. Os shows são o resultado desse desenvolvimento e apresentam um repertório que passa por composições de Gilberto Gil, Antonio Sanchez, Gary Burton, Hamilton de Holanda, além de visitar também grandes standards do jazz e da música instrumental brasileira.

Formação:

Camila Rocha: contrabaixo
Natália Mitre: vibrafone
Paulo Fróis: bateria
PC Guimarães: guitarra

Nas Redes: