14:00
14:30
15:00
15:30
16:00
16:30
17:00
17:30
18:00
18:30
19:00
19:30
20:00
20:30
21:00
21:30
22:00
22:30
23:00
23:30
Mesa RedondaThe Art of Conduction

Belo Horizonte - MG

Sexta

18/08/2017

16:00 às 18:00


Entrada gratuita

Mesa RedondaThe Art of Conduction

Daniela Veronesi: palestrante

  • Sobre
  • Site do Artista
Mesa Redonda<em>The Art of Conduction</em>

O encontro terá como pauta a discussão sobre Conduction, uma prática de improvisação dirigida que se baseia em um conjunto codificado de sinais e gestos, e que pode ser utilizada por regentes para dirigir um grupo de músicos, com ou sem notação (partituras). A mesa será dirigida por Daniela Veronesi, editora do livro assinado pelo criador da prática D. Butch Morris (1947- 2013) que será lançado na mesma oportunidade.

Show Art of Conduction , Guilherme Peluci

Belo Horizonte - MG

Sexta

18/08/2017

20:00 às 21:30


R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Show Art of Conduction , Guilherme Peluci

Fernando Monteiro: bateria / Ciro Trevisan: bateria / Edson Fernando: percussão / Clifford Korman: piano / Antônio Vinícius: baixo / Pedro Fonseca: baixo / Francisco César: bandoneon / Pedro Cambraia: eletrônica / Rafael DjSense: turntable / PC Guimarães: guitarra / Vinícius Mendes: sax / Thiago Miotto : sax / João Paulo Prazeres: sax / Ricardo Passos: voz e sopros / Marcela Nunes: flauta / Deh Mussulini: voz / Irene Bertachini: voz / Laura lopes: voz / Leonora Weissmann: voz / Luiza Brina: voz / Michelle Andreazzi: voz / Luana Aires: voz

  • Sobre
  • Site do Artista
Show <em> Art of Conduction </em>, Guilherme Peluci
Faz parte dos eventos do lançamento internacional do livro “Conduction”, de Lawrence D. “Butch” Morris, no Brasil o show conduzido por Guilherme Peluci. Nesse espetáculo, o regente reúne músicos belo-horizontinos que irão contribuir construtivamente para o desenvolvimento das músicas como um todo, dialogando assim com as técnicas fundamentais de Improvisação Dirigida: o fluxo e a fluidez criativa e coletiva.

COMPRE AQUI SEU INGRESSO
Prêmio Mastermaq Jazz de Minas: Célio Balona, Projeto Brasil e Orquestra de Câmara Sesiminas

Belo Horizonte - MG

Sexta

18/08/2017

20:00 às 21:30


R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia)

Prêmio Mastermaq Jazz de Minas: Célio Balona, Projeto Brasil e Orquestra de Câmara Sesiminas

Projeto Brasil: Célio Balona: acordeom / Clóvis Aguiar: piano / Milton Ramos: baixo

Orquestra Câmara Sesiminas: Maestro Marco Antônio Maia Drumond: regente / Felipe Magalhães: regente assistente / Elias Barros (Spalla), Ravel Lanza, William Barros, Vitor Dutra, Filipi Sousa e Olivia Maia: Primeiros Violinos / Simone Martins, Fernanda Boaventura, Sérgio Arraes, Gláucia Borges e Olga Buza: Segundos Violinos / Cleusa Nébias, Gláucia Barros, Alex Evangelista e Claudison Benfica: violas / Firmino Cavazza, João Cândido e Antônio Viola: violoncelos / Thiago Santos e Gabriel Faustino: contrabaixos

  • Sobre
  • Site do Artista
Prêmio Mastermaq Jazz de Minas: Célio Balona, Projeto Brasil e Orquestra de Câmara Sesiminas

Na noite de gala do Savassi Festival deste ano, teremos a entrega do Prêmio Mastermaq Jazz Minas ao acordeonista Célio Balona. A cada ano, a premiação homenageia um importante músico local baseado em sua trajetória, .
A noite conta com a apresentação do grupo Projeto Brasil, encabeçado por Balona, e da Orquestra de Câmara Seminas.

Selecione o ano:
Sex, 18/08
16:00 às 18:00
Mesa Redonda<em>The Art of Conduction</em>

Mesa RedondaThe Art of Conduction

O encontro terá como pauta a discussão sobre Conduction, uma prática de improvisação dirigida que se baseia em um conjunto codificado de sinais e gestos, e que pode ser utilizada por regentes para dirigir um grupo de músicos, com ou sem notação (partituras). A mesa será dirigida por Daniela Veronesi, editora do livro assinado pelo criador da prática D. Butch Morris (1947- 2013) que será lançado na mesma oportunidade.

20:00 às 21:30
Prêmio Mastermaq Jazz de Minas: Célio Balona, Projeto Brasil e Orquestra de Câmara Sesiminas

Prêmio Mastermaq Jazz de Minas: Célio Balona, Projeto Brasil e Orquestra de Câmara Sesiminas

Na noite de gala do Savassi Festival deste ano, teremos a entrega do Prêmio Mastermaq Jazz Minas ao acordeonista Célio Balona. A cada ano, a premiação homenageia um importante músico local baseado em sua trajetória, .
A noite conta com a apresentação do grupo Projeto Brasil, encabeçado por Balona, e da Orquestra de Câmara Seminas.

20:00 às 21:30
Show <em> Art of Conduction </em>, Guilherme Peluci

Show Art of Conduction , Guilherme Peluci

Faz parte dos eventos do lançamento internacional do livro “Conduction”, de Lawrence D. “Butch” Morris, no Brasil o show conduzido por Guilherme Peluci. Nesse espetáculo, o regente reúne músicos belo-horizontinos que irão contribuir construtivamente para o desenvolvimento das músicas como um todo, dialogando assim com as técnicas fundamentais de Improvisação Dirigida: o fluxo e a fluidez criativa e coletiva.

COMPRE AQUI SEU INGRESSO
Sáb, 19/08
20:00 às 21:30
Semreceita apresenta seu novo trabalho, com participação de Antônio Loureiro

Semreceita apresenta seu novo trabalho, com participação de Antônio Loureiro

Pensar, cuidar, pôr um penso. E sem receita. Batizado pelo nome do livro de José Miguel Wisnik, o Semreceita preza por uma música com estética peculiar. Apostando na potência instrumental e na espontaneidade da performance ao vivo, o quinteto passeia por ambientes sonoros diversificados, misturando jazz e carimbó, blues e samba, rock e baião, entre outras vertentes e influências. Tudo isso sem deixar de dialogar com a efervescente produção cultural mineira.

É essa a toada do primeiro disco da banda, homônimo, que será apresentado no Savassi Festival 2017. Com participação do músico Antonio Loureiro, que assina a produção do trabalho, o Semreceita mostrará as nove faixas inéditas do álbum de estreia, além da versão de O Bêbado e o Equilibrista, de João Bosco, cujo arranjo foi premiado pelo concurso BDMG Instrumental deste ano.

COMPRE AQUI SEU INGRESSO
21:00 às 22:30
Rosa Passos canta Tom Jobim

Rosa Passos canta Tom Jobim

Rosa Passos se tornou famosa no mundo todo sobretudo por suas grandes interpretações de Tom Jobim, com sua métrica jazzística e a grande voz aveludada reconhecida por todos. Em dezembro, na ocasião de sua última turnê nos Estados Unidos, se apresentou com o lendário pianista americano Kenny Barron cantando somente músicas de Tom Jobim. Aproveitando a comemoração dos 90 anos daquele que é considerado o maior compositor brasileiro, Rosa propõe um show com o repertório de canções do maestro.

COMPRE AQUI SEU INGRESSO

*Trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto, limitado a 200 lugares.

Alvará de Funcionamento e Localização do Sesc Palladium – 2016028126, válido até 20/06/2021. Órgão expedidor: PBH. ART Obra e Serviço do Sesc Palladium - 14201300000015052285, válido até 28/11/2018. Órgão expedidor: CREA MG.

Dom, 20/08
16:00 às 17:00
Moacir de Todos os Santos, com Quartabê (SP)

Moacir de Todos os Santos, com Quartabê (SP)

Transitando por diferentes sonoridades e referências musicais, do free jazz ao afrobeat, do eletrônico ao choro, a Quartabê é uma das bandas mais inventivas e originais da cena independente brasileira dos últimos anos. No concerto didático Moacir de todos os Santos: Escuta, história, reflexão, o grupo irá apresentar um concerto musical acerca da música de Moacir Santos articulando o repertório tocado com a vida deste músico e o contexto histórico e musical em que ele viveu e, por esse caminho, iluminar para o público, aspectos particulares da música deste compositor e propor reflexões acerca de sua inventividade e originalidade.

17:30 às 18:30
Beatles para os Pequenos, com Cliff Korman Ensemble (RJ)

Beatles para os Pequenos, com Cliff Korman Ensemble (RJ)

Pianista completo, educador reconhecido e pesquisador de jazz, de música brasileira, e de improvisação, Cliff Korman tem desenvolvido diversos trabalho para o Savassi Festival nos últimos anos. Para esta edição, ele desenvolveu um espetáculo especial para crianças inspirado nas músicas do grupo The Beatles. A ideia do projeto surgiu enquanto Cliff acompanhava o progresso musical de seus filhos, que tocam músicas clássicas do grupo britânico no violão.
20:00 às 21:30
Projeto Música Nova: Luisa Mitre

Projeto Música Nova: Luisa Mitre

Luísa Mitre é pianista, natural de Belo Horizonte. Seu piano é marcado por uma sonoridade acurada, que equilibra o refinamento técnico da música de concerto e o balanço da música popular brasileira. No Projeto Música Nova, para o Savassi Festival 2017, Luísa Mitre fará seu show de estreia como compositora, apresentando um repertório inédito que reflete suas principais referências musicais e explora a linguagem do piano brasileiro em gêneros como o samba-de-roda, maracatu, choro e baião, dentre outros.



http://www.eventim.com.br/projeto-musica-nova-luisa-mitre-belo-horizonte-ingressos.html?affiliate=BR1&doc=artistPages%2Ftickets&fun=artist&action=tickets&key=1981277%249962030&jumpIn=yTix&kuid=542616&from=erdetaila
Seg, 21/08
20:00 às 22:00
<em>Religare</em> de Matheus Barbosa e Marcus Abjaud

Religare de Matheus Barbosa e Marcus Abjaud

Matheus Barbosa e Marcus Abjaud compartilham da mesma perspectiva musical e têm tocado juntos por muitos anos. Essa proximidade contribuiu para o nascimento de Religare, um álbum colaborativo que nasceu como fruto da conexão musical entre os dois músicos e conta com canções de assinadas por ambos e experimentações.

20:00 às 21:30
Projeto Música Nova: Fred Selva apresenta Obra para 3 Vibrafones, com participação de Eduardo Cardinho (Portugal)

Projeto Música Nova: Fred Selva apresenta Obra para 3 Vibrafones, com participação de Eduardo Cardinho (Portugal)

Fred Selva é vibrafonista e compositor belo-horizontino, atualmente vive na cidade de Buenos Aires. Foi vencedor do prêmio BDMG instrumental 2015, um dos mais importantes para a cena musical mineira e, neste mesmo ano, lançou seu primeiro álbum A Estranheza e o Poliglota na abertura do Savassi Festival. Em 2016 recebeu o Prêmio Marco Antônio Araújo, considerado melhor disco instrumental mineiro. Para o festival deste ano, Selva preparou um show inédito com composições encomendadas para o projeto Música Nova.

Ter, 22/08
18:00 às 18:30
Escola do Jazz: Escola AvantGarde

Escola do Jazz: Escola AvantGarde

Banda formada de alunos da escola de Música AvantGarde dirigida por Giovanni Mendes. Neste show, será apresentado um repertório desenvolvido pelos próprios alunos e baseado em diferentes períodos e estilos dentro do gênero jazz.

20:00 às 21:00
Julio Ramirez

Julio Ramirez

O violonista Julio Ramirez, hoje com 67 anos, nasceu na Espanha, mas ainda na infância mudou-se com a família para Buenos Aires, onde estudou e formou-se em violão clássico. Sua terra sempre foi uma grande inspiração, o que fez a música flamenca permanecer viva dentro de si. E em 2017, décadas depois de se jogar na aventura de construir um trabalho solo autoral, Julio Ramirez lançou o tão aguardado disco de estreia Agitando Lo Que Siento, é um álbum que durante as suas 10 faixas passeia por várias sonoridades como o flamenco, a salsa, o chorinho e o jazz.

20:00 às 22:00
Novos Talentos do Jazz: LDM Quarteto

Novos Talentos do Jazz: LDM Quarteto

Lucas de Mello e Lucas de Moro compartilham mais que o primeiro nome. Além de ambos serem jovens músicos, também têm gostos musicais, influências e composições em comum. Foi por esse caminho que o grupo LDM4 nasceu. O repertório conta majoritariamente com composições dos integrantes além de alguns arranjos próprios de composições de Milton Nascimento, Tom Jobim e Joyce.
Qua, 23/08
19:00 às 21:00
Palco Choro: Toca de Tatu

Palco Choro: Toca de Tatu

Toca de Tatu é um grupo de música instrumental brasileira que tem o choro como referência primária sem deixar de explorar outros gêneros e linguagens. Entre as características do grupo, destacam-se o refinamento timbrístico, o cuidado com os arranjos, a influência da música de câmara de concerto e a brasilidade da música popular. Em 2017, lançou seu segundo disco, Afinidade, dedicado à música instrumental mineira contemporânea. Além de shows por BH, o grupo já fez uma turnê Europa passando pela Inglaterra, Holanda e França.

19:30 às 20:30
Duo de Pianos: Gilson Peranzzetta e Cliff Korman

Duo de Pianos: Gilson Peranzzetta e Cliff Korman

De um lado o brasileiro Gilson Peranzzetta; de outro, o norte-americano Cliff Korman. Os dois artistas têm grande afinidade musical, e o traço que os une é o interesse por ritmos brasileiros, latinos e jazz, aliado a uma sólida formação clássica. Reconhecidos pelo público e pela crítica como artistas completos e inventivos, Peranzzetta e Korman se equilibrarão entre improvisos livres e sobre estruturas pré-definidas, em um espetáculo de lirismo, ritmo, inspiração e técnica. O repertório escolhido com apuro e arranjado pelos dois será composto por clássicos do cancioneiro popular e composições próprias. A presença de dois pianos de concerto no palco permite que a sonoridade dos instrumentos seja explorada ao máximo e exige dos músicos generosidade mútua para que a música flua.

COMPRE SEU INGRESSO
20:00 às 21:00
Orquestra Jovem Sesiminas

Orquestra Jovem Sesiminas

A Orquestra Jovem Sesiminas é fruto de um projeto social de gratuidade dentro do Sistema FIEMG. Por meio do projeto, jovens tem a oportunidade de ter uma educação musical de qualidade e integrar a orquestra, formada essencialmente por instrumentos de cordas – violino, viola, violoncelo e contrabaixo. O grupo possui em seu currículo inúmeros concertos em teatros de Belo Horizonte, interior de Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás, Rio Grande do Sul e Paraná, bem como concertos didáticos em indústrias, escolas, creches e igrejas.

20:00 às 21:30
Arte popular e Música Instrumental: Fernando Sodré Quarteto

Arte popular e Música Instrumental: Fernando Sodré Quarteto

Músico expoente da efervescente nova geração de instrumentistas brasileiros, o mineiro Fernando Sodré destaca-se por sua ousadia e busca constante pelo aperfeiçoamento técnico. É reconhecido como um dos importantes da viola, universalizando-a sob o aspecto inovador.

Apresenta de forma magistral diálogos entre diferentes gêneros: do choro ao jazz, do baião ao flamenco; todos unificados por seu estilo e toque personalíssimos, provenientes de estudos e adaptações técnicas para a execução da viola brasileira. No repertório, clássicos mineiros, brasileiros e internacionais, com jazz, choro, samba, milongas e peças autorais de Sodré.

20:00 às 21:30
Música Nova: Rafael Martini apresenta sua nova obra

Música Nova: Rafael Martini apresenta sua nova obra

Rafael Martini é compositor, arranjador, pianista e cantor. Para o projeto Música Nova, do Savassi Festival 2017, o músico apresenta um show inédito, que conta com a estreia de uma peça comissionada pelo festival e de outras músicas, próprias e de outros compositores, dentre eles alguns integrantes de seu grupo, arranjadas para a mesma formação instrumental. Rafael colecionada vários prêmios e tem vários trabalhos aplaudidos pela crítica, como o álbum Motivo (2012) e Gesto (2016).

20:45 às 22:45
Grupo Cordas

Grupo Cordas

Os músicos Búlgaros Nikolay Sapoundjiev e Emília Valova , mais Ana Azevedo e Lipe Portinho convidaram o baterista André Tandeta para recriar a obra do grande mestre Astor Piazzolla.

O repertório foi adaptado do Quinteto original para a formação de Corda por Ana Azevedo e Lipe Portinho, dois conhecidos arranjadores cariocas que estão a frente de grupos como o: Tutti, Gravíssimo Bass Ensemble e Orquestra de Bolso.

O resultado é um show de mais de uma hora da melhor música porteña, no repertório entram jóias como: As “Estaciones Porteñas”, “Adios Noniño”, “Oblivion”, “Muerte Del Angel”, entre muitas outras.

COMPRE SEU INGRESSO
21:00 às 22:30
Serginho Silva apresenta seu novo trabalho <em>De Verdade</em>

Serginho Silva apresenta seu novo trabalho De Verdade

Referência em percussão na música mineira, Serginho Silva se destaca nos palcos há mais de três décadas. Sua apurada técnica possibilita seu trânsito em estilos diversos da música popular, consagrando-o um dos músicos mais completos e versáteis da cena brasileira. Além de acumular parcerias de sucesso com Milton Milton Nascimento, Beto Guedes, Lô Borges, Elza Soares e Renato Teixeira, já mostrou seu talento em países europeus como França, Alemanha, Itália, Espanha, Lituânia e Bélgica.


COMPRE AQUI SEU INGRESSO
22:00 às 24:00
Conexão Brasil-Portugal: Eduardo Cardinho (Portugal)

Conexão Brasil-Portugal: Eduardo Cardinho (Portugal)

Eduardo Cardinho é um vibrafonista português que reside em Amsterdã, Holanda. O músico vem sendo aclamado em Portugal e, aos poucos, em outras partes o mundo. Depois do seu primeiro álbum, Black Hole, considerado como um dos melhores de 2016 pela Jazz.pt e Jazz Logical, o artista foi convidado a apresentar sua música autoral em quarteto, ao lado de três músicos brasileiros. A junção promete ser uma bela experiência multicultural e musical.

22:00 às 24:00
Bebê Kramer e Gabriel Grossi Duo

Bebê Kramer e Gabriel Grossi Duo

Apesar de jovem, Gabriel tem uma trajetória extensa. Além de carreira solo bem estabelecida dentro e fora do país, é desde 2005 integrante do Hamilton de Holanda Quinteto, conjunto vencedor do prêmio Tim 2007 e finalista do Grammy Latino por três vezes consecutivas. Nesta apresentação ele divide o palco com Alessandro Kramer, um virtuoso músico conhecido por tirar do instrumento solos de bom gosto e criatividade. Compõe com clareza uma nova música usando a expressão da sua fronteira inicial que é o Rio Grande do Sul. Bebê Kramer é dono dessa música do Continente, que começa no sul e migra para outros sotaques incorporados, mas sempre tendo como base a maneira enérgica de tocar que o fizeram conhecido. Tem se apresentado com sucesso na Europa onde vislumbram nele um novo diamante, feito do carbono multifa.
Qui, 24/08
10:00 às 12:00
Workshop <em>A Arte da Improvisação: da Índia ao Ocidente</em> com Oded Tzur (Israel/Nova York)

Workshop A Arte da Improvisação: da Índia ao Ocidente com Oded Tzur (Israel/Nova York)

O workshop apresenta os elementos centrais da música clássica do norte da Índia para o público ocidental. Tem como objetivo ampliar a perspectiva dos alunos sobre a música improvisada, enfatizando uma abordagem universal ao analisar e praticar o material apresentado.
11:00 às 12:00
Workshop de contrabaixo com Jorge Roeder (Peru)

Workshop de contrabaixo com Jorge Roeder (Peru)

Este workshop tem como foco os diferentes papeis que o baixista pode ter em um grupo. Serão discutidos diversos graus de acompanhamento, desde tocar como suporte a uma maneira mais interativa ou “coletiva”. Vamos tratar também sobre o impacto musical da repetição no baixo versus o impacto a abordagem baseada no contraponto. E, por fim, será discutido a importância da claridade, som e sentimento, e os caminhos para manter a consistência enquanto são tocadas notas mais complexas.
18:00 às 19:00
Projeto Varanda: Jamba Trio

Projeto Varanda: Jamba Trio

Criado no fim dos anos de 1990, o Jambrio trio é, na verdade, formado essencialmente por um duo. Irio Junior e Eneias Xavier são só músicos fixos e, de tempos em tempos, convidam o terceiro integrante. Desta vez, o escolhido foi o baterista Lincoln Cheib. No repertório, o grupo para passar por clássicos da música instrumental.

19:30 às 20:30
Oded Tzur Quartet - Novo Jazz de Israel

Oded Tzur Quartet - Novo Jazz de Israel

Oded Tzur é saxofonista e compositor residente em Nova Iorque. Seu trabalho explora as relações entre as tradições clássicas e contemporâneas da música. Seus dois últimos álbuns, lançados em 2015 e 2017, renderam à sua música o título de “um novo tipo de swing ”, tendo boa receptividade da crítica no Japão, na América do Sul, na Europa, na Rússia e em diversos locais dos EUA. Ele apresenta seu trabalho em quarteto para mostrar como sua linguagem única de improvisação leva o ouvinte à uma jornada surpreendente que evoca o contraste entre o silêncio e o som.

COMPRE SEU INGRESSO
20:00 às 21:30
Guy Mintus, Túlio Araújo e Felipe Vilas Boas (Israel/Brasil)

Guy Mintus, Túlio Araújo e Felipe Vilas Boas (Israel/Brasil)

O pianista israelense Guy Mintus é o convidado especial do percussionista mineiro Túlio Araújo, juntamente com o guitarrista paulista Felipe Vilas Boas. Após se conhecerem e tocarem juntos em Nova Iorque em 2014, quando Túlio e Felipe foram convidados para lançarem o internacionalmente aclamado álbum East, o trio percebeu que a interação e a química entre eles não deveria ficar somente na informalidade. Guy acaba de lançar seu primeiro trabalho solo, o elogiado álbum The Home in Between e está vindo ao Brasil pela primeira vez para presentear os belo horizontinos com uma verdadeira fusão moderna entre piano, pandeiro guitarra.

Ingressos: R$ 10 (inteira) R$ 5 (meia) R$ 4 (comerciário)
*Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto.

Alvará de Funcionamento e Localização do Sesc Palladium – 2016028126, válido até 20/06/2021. Órgão expedidor: PBH. ART Obra e Serviço do Sesc Palladium - 14201300000015052285, válido até 28/11/2018. Órgão expedidor: CREA MG.

20:00 às 21:30
Vibrafônico Jazz Quarteto

Vibrafônico Jazz Quarteto

O quarteto tem como destaque o vibrafone, instrumento bastante comum no jazz e que aos poucos vai ganhando espaço também no cenário da música instrumental brasileira. O repertório inclui composições de Fernando Rocha e Magno Alexandre, clássicos do jazz e da música brasileira, de autores como Keith Jarret, Chick Corea, Wayne Shorter, Tom Jobim e Vitor Assis Brasil.

20:00 às 21:30
Projeto Música Nova: Juliana Perdigão

Projeto Música Nova: Juliana Perdigão

Juliana Perdigão, mineira radicada em São Paulo, é cantora e toca clarinete, flauta e clarone. Vai apresentar a peça “Savassi”, obra inédita criada especialmente para o Savassi Festival, a qual assina a direção e criação. Em sua trajetória, tem dois discos lançados, “Álbum Desconhecido” (2012) e “Ó” (2016). Atuou como instrumentista e cantora em colaboração com diversos grupos e artistas, entre eles Tulipa Ruiz, Tom Zé, Teat(r)o Oficina, Graveola e o Lixo Polifônico, entre outros. Em peça inédita para o Savassi Festival, Juliana convida os músicos Yuri Vellasco (bateria) Paulim Sartori (baixo), Miguel Javaral (live eletronics), Francisco César, Henrique Staino e Vinícius Mendes (saxofones) e assina a direção e criação da obra Savassi.


COMPRE AQUI SEU INGRESSO
20:00 às 21:30
Lançamento de CD: <em>Macieiras</em> de Alexandre Andrés

Lançamento de CD: Macieiras de Alexandre Andrés

Em Macieiras, Alexandre Andrés apresenta oito faixas inéditas inspiradas e criadas na na fazenda de mesmo nome, local onde cresceu e passou maior tempo de sua vida. Em geral, as músicas fazem referência ao melhor da música brasileira, como o Clube da Esquina, Egberto Gismonti, Hermeto Pascoal, bem como a brasilidade presente nos ritmos do norte e nordeste do país. Esses estilos são mesclados com estruturas presentes no jazz e no minimalismo da música instrumental norte-americana.

20:45 às 22:45
Shai Maestro Trio - Novo Jazz de Israel

Shai Maestro Trio - Novo Jazz de Israel

Desde que Shai Maestro iniciou o projeto com seu trio, em 2011, sua trajetória musical modificou-se. Ao lado de seus amigos, Jorge Roeder e Ziv Ravitz, o músico conseguiu desenvolver uma forte identidade para o grupo que já é amplamente reconhecido no cenário do jazz mundial. O grupo vai apresentar músicas de seu quarto álbum The Stone Skipper. Lançado em 2016, a obra é composta por canções conectadas entre si, que forma uma narrativa para além da virtuosidade artística, mas com força e potência musical.

COMPRE SEU INGRESSO
21:00 às 23:59
Palco Blues: Suite 145

Palco Blues: Suite 145

O grupo Suite 145 tem o o blues como principal fonte de música e o propósito de trabalhar com um repertório de compositores consagrados nas décadas de 1950, 1960 e 1970. A banda trata sempre as músicas de forma dinâmica tornando-as apropriadas para pequenos palcos e plateias.
22:00 às 24:00
Zé Paulo Becker

Zé Paulo Becker

Começando a tocar violão aos 10 anos, Zé Paulo foi aluno dos grandes violonistas, como Turíbio Santos, Marco Pereira, Léo Soares e Nícolas Barros, e se tornou mestre em Violão pela UFRJ. Instrumentista, compositor e arranjador, o artista tocou com os maiores nomes da MPB do século XX e segue sua carreira fazendo música brasileira e incentivando e formando novos mestres do violão.
Sex, 25/08
14:00 às 30:00
Workshop de performance musical com Itálo Sales Quarteto (Recife)

Workshop de performance musical com Itálo Sales Quarteto (Recife)

Neste workshop, Ítalo e os membros do quarteto falam sobre sua formação musical, experiência profissional, e conceitos de composição e improvisação utilizados na produção do álbum Dorsal. Ítalo também traz consigo informações acerca da prática diária da guitarra, do mercado de música instrumental, da vida acadêmica e dos rumos do seu instrumento na contemporaneidade.
16:00 às 18:00
Mesa Redonda: <em>Fazendo Festivais: Identidade e Curadoria </em>

Mesa Redonda: Fazendo Festivais: Identidade e Curadoria

A proposta deste encontro é reunir responsáveis por grandes festivais de música instrumental para discutir estratégias e cenários em relação ao trabalho de organização, produção e curadoria de um evento de música.

O encontro acontecerá dentro da sala 206, no CCBB-BH.
19:00 às 21:00
Palco Choro: O Couro Acorda o Vento

Palco Choro: O Couro Acorda o Vento

O grupo tem como proposta visitar as fronteiras entre o jazz e a música instrumental contemporânea. O repertório vai do baião ao beebop, da bossa ao reggae, do samba ao ragtime. Composições próprias e releituras de Hermeto, Coltrane, Dominguinhos, Pixinguinha, Django, Jacob e Brubeck também faz parte do show deste grupo que sempre é inusitado e instigante.

19:30 às 20:30
Novo Jazz de Israel com Oded Tzur Quartet

Novo Jazz de Israel com Oded Tzur Quartet

Oded Tzur é saxofonista e compositor residente em Nova Iorque. Seu trabalho explora as relações entre as tradições clássicas e contemporâneas da música. Seus dois últimos álbuns, lançados em 2015 e 2017, renderam à sua música o título de “um novo tipo de swing ”, tendo boa receptividade da crítica no Japão, na América do Sul, na Europa, na Rússia e em diversos locais dos EUA. Ele apresenta seu trabalho em quarteto para mostrar como sua linguagem única de improvisação leva o ouvinte à uma jornada surpreendente que evoca o contraste entre o silêncio e o som.


COMPRE AQUI SEU INGRESSO
20:00 às 21:30
Novos Talentos do Jazz: Ítalo Sales Quarteto (Recife)

Novos Talentos do Jazz: Ítalo Sales Quarteto (Recife)

Ítalo Sales é um proeminente guitarrista, compositor e educador. Mestrando em Música e Sociedade pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), o músico já dividiu o palco com artistas como Elza Soares, Maestro Spok, Maestro Duda, Ayrton Montarroyos, Família Gonzaga, entre outros. Nesse projeto, Ítalo apresenta ao público um trabalho inteiramente autoral por meio de nove obras inéditas. O repertório representa as experiências musicais vividas pelo seu idealizador nos últimos anos, sendo possível identificar tanto influências da música popular pernambucana, brasileira, como do jazz e do rock.

21:00 às 22:30
Novo Jazz de Israel com Shai Maestro Trio

Novo Jazz de Israel com Shai Maestro Trio

Desde que Shai Maestro iniciou o projeto com seu trio, em 2011, sua trajetória musical modificou-se. Ao lado de seus amigos, Jorge Roeder e Ziv Ravitz, o músico conseguiu desenvolver uma forte identidade para o grupo que já é amplamente reconhecido no cenário do jazz mundial. O grupo vai apresentar músicas de seu quarto álbum The Stone Skipper. Lançado em 2016, a obra é composta por canções conectadas entre si, que forma uma narrativa para além da virtuosidade artística, mas com força e potência musical.


COMPRE AQUI SEU INGRESSO
21:30 às 22:30
Mulheres Criando Música Instrumental com Eloá Gonçalves Trio

Mulheres Criando Música Instrumental com Eloá Gonçalves Trio

Com um background que transita entre o jazz, a música instrumental brasileira, a música erudita e o pop, a pianista Eloá Gonçalves propõe, junto ao seu trio, um misto de repertório autoral com algumas releituras do cancioneiro popular brasileiro. A sonoridade do show mescla referências jazzísticas baseadas no improviso, bem como dialoga com a música brasileira de compositores consagrados como Dori Caymmi e Djavan, e com a sofisticação e cuidado da música erudita presente nos arranjos.

23:00 às 24:00
Mulheres Criando - Música Instrumental com Kalu Coelho

Mulheres Criando - Música Instrumental com Kalu Coelho

Compositora e violonista, Kalu Coelho lançou seu primeiro CD autoral em 2013 com participações de Guinga, Jaques Morelembaum e Filó Machado. Em 2016 participou do projeto “Mulheres Criando” e do “Essa Mulher”, ambos os projetos realizados apenas com mulheres compositoras em uma serie de shows no Rio de Janeiro e São Paulo. Atualmente está trabalhando na finalização de seu segundo disco que está previsto para setembro de 2017.

Sáb, 26/08
16:00 às 17:15
Novos Talentos do Jazz: Vítor Arantes Quarteto (SP)

Novos Talentos do Jazz: Vítor Arantes Quarteto (SP)

Vitor Arantes Quarteto tem trabalhado em um repertório autoral que visa abarcar, de maneira despretensiosa, simultaneamente, a música de Hermeto Pascoal, Avishai Cohen, Tom Jobim, Tigran Hamasyan, entre outros grandes nomes da música. Integrantes da Orquestra Jovem Tom Jobim, o grupo se encontra sob a tutela dos maestros Nelson Ayres e Tiago Costa e tem tido oportunidades de acompanhar nomes, como Cassio Ferreira, Alexandre Ribeiro, Leila Pinheiro, Ivan Lins, Sidmar Vieira, Josue dos Santos, Jorginho Neto, Leitieres Leite. Tais experiências moldaram e amadureceram o grupo até agora.



- Entrada gratuita (não será recolhido alimento neste ano, nem será preciso retirar ingressos antecipadamente).

Entrada sujeita a lotação.

17:45 às 18:60
Oded Tzur Quartet (Israel/Nova York)

Oded Tzur Quartet (Israel/Nova York)

Oded Tzur é saxofonista e compositor residente em Nova Iorque. Seu trabalho explora as relações entre as tradições clássicas e contemporâneas da música. Seus dois últimos álbuns, lançados em 2015 e 2017, renderam à sua música o título de “um novo tipo de swing”, tendo boa receptividade da crítica no Japão, na América do Sul, na Europa, na Rússia e em diversos locais dos EUA. Ele apresenta seu trabalho em quarteto para mostrar como sua linguagem única de improvisação leva o ouvinte à uma jornada surpreendente que evoca o contraste entre o silêncio e o som.



- Entrada gratuita (não será recolhido alimento neste ano, nem será preciso retirar ingressos antecipadamente).

Entrada sujeita a lotação.

19:30 às 20:45
Lançamento de CD: <em>Down River</em> de Deangelo Silva

Lançamento de CD: Down River de Deangelo Silva

Vencedor do Prêmio BDMG instrumental e melhor instrumentista da edição 2017, Deangelo Silva tem uma longa carreira de estudos musicais incluindo piano, improvisação, harmonia e ritmos. No Savassi Festival, lança seu primeiro álbum, Down River, um trabalho desenvolvido por meio de sua pesquisa e produção autoral em relação à música popular brasileira, jazz, música latino americana, mas sem deixar de contar com a sólida base de música erudita. Já se apresentou pelo Brasil e exterior acompanhando músicos como Toninho Horta, Gerais Big Band, Esdras Neném entre outros.



- Entrada gratuita (não será recolhido alimento neste ano, nem será preciso retirar ingressos antecipadamente).

Entrada sujeita a lotação.

20:00 às 22:00
Palco Choro: Assanhado Quarteto

Palco Choro: Assanhado Quarteto

O grupo surgiu a partir de uma proposta coletiva de execução do repertório de choro com uma formação pouco convencional, utilizando instrumentos como o baixo acústico, a bateria, a guitarra e o vibrafone, somados aos tradicionais violão de sete cordas e cavaquinho.

Dom, 27/08
16:00 às 17:15
Lançamento de CD: <em>Monduland</em> de Túlio Araújo

Lançamento de CD: Monduland de Túlio Araújo

Imagine um pandeiro, sem bateria. O dedão marcando o grave do bumbo, tapas fazendo a caixa e platinelas soando como os pratos e symbal. Bem-vindo(a) à ideia do Túlio: o Projeto Dobradura.

Túlio Araújo é um músico brasileiro, formado em percussão, produção musical e engenharia de áudio. Estudou com alguns dos mais renomados mestres, como Ian Guest, Felipe Moreira, Santiago Reyther e Marcos Suzano. Durante esse tempo, começou a imaginar como seria fundir seu principal instrumento com o universo da improvisação que o jazz, o choro e o fusion possibilitam.

Seu mais novo trabalho, o álbum Monduland, traz um conceito arrojado e contemporâneo, onde o pandeirista explora ao máximo as modulações de todos os tipos: rítmicas, métricas, melódicas, timbrísticas e harmônicas. É um projeto que foi executado de forma colaborativa entre ele e músicos dos Estados Unidos, Canadá, Israel e Brasil.

- Entrada gratuita (não será recolhido alimento neste ano, nem será preciso retirar ingressos antecipadamente).

Entrada sujeita a lotação.

17:45 às 18:60
Shai Maestro Trio (Israel)

Shai Maestro Trio (Israel)

Desde que Shai Maestro iniciou o projeto com seu trio, em 2011, sua trajetória musical modificou-se. Ao lado de seus amigos, Jorge Roeder e Ziv Ravitz, o músico conseguiu desenvolver uma forte identidade para o grupo que já é amplamente reconhecido no cenário do jazz mundial. O grupo vai apresentar músicas de seu quarto álbum The Stone Skipper. Lançado em 2016, a obra é composta por canções conectadas entre si, que forma uma narrativa para além da virtuosidade artística, mas com força e potência musical.



- Entrada gratuita (não será recolhido alimento neste ano, nem será preciso retirar ingressos antecipadamente).

Entrada sujeita a lotação.

19:30 às 20:45
Daniel Santiago Quinteto Experimental (SP)

Daniel Santiago Quinteto Experimental (SP)

Daniel Santiago é guitarrista, compositor e produtor musical com longa trajetória, prêmios e já se apresentou ao lado de grandes nomes da música, como Milton Nascimento, João Bosco, Hamilton de Holanda. Em seu show para o Savassi Festival vai apresentar o repertório que fará parte do seu próximo álbum, além de versões pra músicas de Milton Nascimento e Tavinho Moura. Todas com uma roupagem que dialoga tanto com jazz quanto com o Rock, música eletrônica e a música brasileira.



- Entrada gratuita (não será recolhido alimento neste ano, nem será preciso retirar ingressos antecipadamente).

Entrada sujeita a lotação.

21:15 às 22:30
Jorge Continentino <em>Pifanology</em>

Jorge Continentino Pifanology

Pifanology é um projeto criado por Jorge Continentino em NYC, no ano de 2011. Desde então, o saxofonista o apresentou em festivais e clubes em diferentes locais nos EUA e posteriormente no Brasil. Como o nome indica, o show foi construído com base no pífano e transpira a energia desse instrumento. O repertório da apresentação para o Savassi Festival será de releituras de música originais do próprio Jorge Continentino.

Entrada gratuita (não será recolhido alimento neste ano, nem será preciso retirar ingressos antecipadamente).

Entrada sujeita a lotação.